destaque

Aids é pauta no Fórum Social Mundial


Ativistas de diversas partes do Brasil participam hoje da marcha de abertura dA 13 edição do FSM, que ocorre até sábado em Salvador (BA). O percurso saiu da praça do Campo Grande, passando pela Avenida Sete, até a Praça Castro Alves, palco de grandes manifestações de luta e resistência baiana. Após quatro quilômetros de caminhada, o desfecho aos pés do poeta Castro Alves, na “Praça do Povo”, segundo-se a abertura com um palco para apresentações culturais, performances artísticas e musicais. ”. Com o tema central “Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”, e o slogan “Resistir é criar, resistir é transformar”, o Fórum Social Mundial deve ser um evento de resistência contra os retrocessos e os ataques à democracia no Brasil. Cerca de 60 mil pessoas, de 120 países, são esperadas para as diversas atividades.