GT ADOLESCÊNCIAS E JUVENTUDES

Projeto de Lei sobre Educação Sexual nas escolas de SP é apresentado no GT Jovens do CRT Na segunda-feira, 22 de Janeiro, durante reunião do GT Juventude do CRT/Aids, a coordenadora do GT Adolescentes e Juventude do Foaesp, Jessica Diana, apresentou a proposta do Projeto de Lei que visa a ampliação das ações voltadas para a educação sexual e prevenção dos jovens e adolescentes em suas comunidades, escolas e nos diferentes lugares onde estão inseridos. Dados do Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde mostram que o número de infectados explodiu entre 2006 e 2015 nas faixas de 15 e 19 anos (variação de 187,5%, com a taxa passando de 2,4 para cada 100 mil habitantes).
A iniciativa deu entrada na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) dia 29 de novembro com apoio da coordenadora da Frente Parlamentar de Enfrentamento às DST/HIV/AIDS, Deputada Maria Lucia Amary (PSDB) e outros parlamentares, recebeu o número 1095/2017 e teve a Deputada Marta Costa (PSD) designada relatora em 14 de dezembro.
Em sua fala, Sandra Santos, da Fundação Poder Jovem salientou a importância de dar voz e vez aos adolescentes/jovens e promover o protagonismo juvenil através de ações de prevenção nos espaços em que estão inseridos. Jessica enfatizou que ainda existem resistência de educadores e pais sobre sexualidade, principalmente em relação a questões de gênero, mas que estas iniciativas visam a garantir avanços para o tema entre os jovens e “neste sentido o projeto de lei vai ao encontro”.
O antropólogo Thiago Sabatine da área técnica de Sociologia, educação em sexualidade, diversidade sexual e gênero, da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, também participou do encontro falando sobre gênero e sexualidade na educação. Segundo ele, atualmente está em fase de capacitação de docentes para trabalhar o tema dentro da sala de aula e já está garantido o direito de uso do nome social para adolescentes transexuais na rede escolar estadual.