O presidente do Foaesp. Rodrigo Pinheiro, e a coordenadora do projeto Cartografando Lucrécia Lopes participam até sexta-feira (29/11) de um seminário,em Lisboa capital de Portugal, sobre  desafios para o  advocacy no  acesso ao tratamento para a Aids e hepatites virai, nos países de língua portuguesa.

 

A convite da  Coalition Plus, os ativistas apresentarão a experiência do Brasil, auxiliando na formação da  rede lusófona , principalmente na  troca de experiências e capacitação da sociedade civil nos  países da língua portuguesa.

 

 

O programa do evento contempla visitas em serviços de saúde e de direitos humanos e reunião com o programa português de HIV/Aids. Ao final do encontro será decidida a agenda da nova rede para 2020 e finalizada as tratativas de formação do novo espaço, com uma apresentação na Assembléia da República, o parlamento português.