Quem somos

O Foaesp (Fórum das ONG/Aids do Estado de São Paulo) é um colegiado que reúne organizações com atuação no campo da aids, direitos humanos e saúde pública no estado. Criado desde 1996 e fundado em outubro de 1997, hoje é formado por mais de uma centena de organizações atuando no nível estadual, regional e nacional principalmente no controle social das políticas públicas, na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), na ampliação de ações de prevenção ao HIV e outras coinfecções e na garantia de direitos das pessoas que vivem com HIV e Aids.


É o espaço para informes e escolha de representantes do movimento de Aids que ocupam espaços em instâncias de controle social em nível federal e estadual, como conselhos e comissões. Também indica delegados para as conferências de saúde e outros encontros. Seu caráter é estadual, sendo que a instância maior de deliberação do movimento de luta contra a Aids é o Encontro Nacional (ENONG), realizado a cada dois anos.


O Foaesp é uma iniciativa pioneira e bem-sucedida de controle social em HIV e Aids, que tem sido reproduzida em diversos Estados. Em reuniões mensais são discutidos os encaminhamentos conjuntos que norteiam as deliberações tomadas, sem prejuízo à autonomia de cada organiação.


O Foaesp é um importante espaço de interlocução com os gestores de políticas públicas em HIV/Aids, especialmente a Secretaria de Estado da Saúde (SES/SP), onde tem encaminhado para a especialização e aprofundamento de suas ações de ativismo, com a criação de Comissões Temáticas e Grupos de Trabalho. Além disto, tem ativa participação junto a outros movimentos sociais, como o Fórum de Patologias e o Fórum Paulista de ONG (iniciativa da ABONG).


Dentre os parceiros do Fórum, além do poder Executivo, destaca-se a Assembleia Legislativa (Alesp), através da Frente Parlamentar de Enfrentamento às DST/HIV/AIDS, as Câmaras Municipais e o Ministério Público, entre outros. O Foaesp é composto por uma diretoria, renovável a cada três anos por eleição direta entre os membros. Institucionalizado, tem estatuto, regimento interno e personalidade jurídica. O recurso para os gastos administrativos vem de pequena contribuição mensal das afiliadas.